Divina Comédia

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Vimeo Icon
  • Grey Instagram Icon

Rua Dr. José Baptista de Sousa, 13A, 1500-244 Lisboa

+351 211 315 807

um filme de
SILAS TINY

Documentário | 83' | Portugal - São Tomé e Príncipe

Sinopse
 

Rio do Ouro e Água-Izé foram das maiores roças de produção de cacau em São Tomé e Príncipe durante o período colonial português. A sua produção chegou a ser a maior a nível mundial em princípios do Século XX. Neste local milhares de homens e mulheres foram marcados pelo trabalho forçado em regime equiparado à escravatura. A Roça lembra o poder e domínio, injustiça e dor. Hoje, a degradação alastra pelo espaço colocando em risco de extinção a memória coletiva santomense. Passados trinta anos de ausência, regresso ao meu país para encontrar os vestígios desse passado.

Trailer
 
Realizador

Silas Tiny nasceu em São Tomé em 1982 e com apenas 5 anos emigra com a família para Portugal.
Antes mesmo de concluir o curso de realização na Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa, em 2013, Silas realiza a sua primeira longa-metragem documental Bafatá Filme Clube (2011), em que reflete sobre a importância que a vila de Bafatá, na Guiné-Bissau, teve no período colonial e a sua posterior desertificação, através um cinema desativado que fora a alma da vila atéàindependência em 1975 - ainda hoje este lugar éguardado pela figura fantasmagórica de Canjajá, o antigo projecionista.

Atualmente, trabalha na pós-produção do documentário Constelações do Equador sobre a ponte aérea São Tomé-Biafra.